Notícias

noticia img

Overshoot Day - Planeta entra no cheque especial em 1º de agosto.



 

Nosso planeta entrará no “cheque especial” no dia 1º de agosto quando acontecerá o Dia da Sobrecarga da Terra (Overshoot Day), momento em que a demanda da humanidade por recursos da natureza ultrapassa o que o planeta consegue regenerar durante um ano. Esta é a data mais recente desde que o mundo estourou seu orçamento ambiental pela primeira vez, no início da década de 1970. Isto significa que, até o final deste ano, a população mundial terá consumindo uma quantidade de recursos naturais e serviços ecossistêmicos equivalentes a 1,7 “planetas”, isso é, 70% mais do que a Terra consegue regenerar em um ano!

Isso ocorre, por exemplo, por causa da emissão contínua de dióxido de carbono na atmosfera do que a totalidade dos oceanos e das florestas consegue absorver. Esses gases de efeito estufa (GEE), causadores do aquecimento global, são resultantes de atividades humanas como a queima de combustíveis fósseis no transporte e na geração de energia elétrica e nas atividades agropecuárias, seja pelo desmatamento seja pelo uso da terra para a agricultura e pastagens. Outro exemplo é a pesca, que acontece em um volume e uma velocidade que ameaça de extinção espécies marinhas, pois a humanidade está consumindo algumas espécies de peixe mais rapidamente do que aquela espécie consegue se reproduzir. É o caso também da agropecuária que, em muitos casos, leva a esgotar o solo e a água mais rapidamente do que o planeta consegue regenerar. Tudo isso tem a ver com o nosso estilo de vida, com a forma como a sociedade produz e consome bens e serviços.

O cálculo do Dia da Sobrecarga da Terra é feito anualmente pela Global Footprint Network (GFN), uma organização de pesquisa internacional, parceira global da Rede WWF, que calcula a chamada “pegada ecológica” para medir os impactos do consumo humano sobre os recursos naturais. É uma forma de traduzir, em hectares (ha), a extensão de território que uma pessoa ou toda uma sociedade “utiliza”, em média, para se sustentar. Inclui áreas para produzir alimentos, fibras e madeira, para acomodar a infraestrutura urbana e para absorver emissões de dióxido de carbono. Para calcular sua Pegada Ecológica pessoal, visite o site: http://www.pegadaecologica.org.br.

 

 

Para acompanhar a matéria completa acesse ao site:

https://www.akatu.org.br/noticia/dia-da-sobrecarga-da-terra-planeta-entra-no-cheque-especial-em-1o-de-agosto/

Arte: Alê Kalko

Outras noticias